LAB divulga lista preliminar e abre prazo para recurso no Edital Corrinha Mendes

Já está disponível no hotsite da Lei Aldir Blanc o resultado preliminar do Edital Corrinha Mendes, um dos cinco lançados pelo Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), na segunda fase da execução da Lei na Paraíba.

Uma comissão de 11 pessoas analisou, nos últimos sete dias, cerca de 2 mil propostas de apresentação, exibição e ação formativa para a internet. Inscreveram-se candidatos das 12 Regionais de Cultura, participação considerada representativa e abrangente pela Comissão.

Segundo a gerente de Dança da Secult e coordenadora do Edital, Bia Cagliani, houve muitas inscrições em duplicidade, o que fez a Comissão considerar apenas a última realizada por cada proponente, resultando em 1.700 propostas acatadas.

O que fazer agora
Na lista preliminar estão todas as propostas identificadas pelo nome do proponente, nome artístico ou do grupo, categoria em que se inscreveu, a Regional de Cultura e a cidade a que pertence e a situação da proposta após análise (habilitada ou inabilitada).

Nesse ponto, está a informação mais importante para os inscritos, já que a lista também revela o motivo da inabilitação. Isso é fundamental para os inscritos nessa situação montarem seus recursos, que precisam ser apresentados à Comissão até o dia 26 de outubro.

Link para o envio do recurso: https://forms.gle/aZuFAh3U8woYsNB38.

Quem foi preliminarmente habilitado já pode ir juntando a documentação complementar, como indica o texto do Edital.

O resultado preliminar seria divulgado, inicialmente, no dia 17/10, mas o volume de inscrições e de duplicidades gerou uma maior dificuldade para a identificação desses casos antes da análise propriamente dita. Em comunicado oficial, a Secult elasteceu o prazo para as análises.

O Edital Corrinha Mendes prevê a contratação de 560 propostas de apresentação, exibição e ação formativa para a internet. Serão pagos cachês que variam de R$ 2 mil a R$ 9 mil, distribuídos em cinco categorias.

Outros editais
Outros quatro editais de premiação continuam com inscrições abertas até o dia 26 de outubro. São eles:

Prêmio Parrá – Seleção e premiação de 193 projetos culturais e pagamento de prêmios de R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 30 mil

Prêmio Mãe Maria do Peixe – Seleção e premiação de 116 vídeo-biografias apresentadas por iniciativas coletivas. Serão pagos prêmios em duas categorias: R$ 25 mil e R$ 55 mil

Prêmio Wills Leal – Seleção e premiação de 300 vídeo-biografias apresentadas por iniciativas individuais. Prêmio de R$ 5 mil

Prêmio Hermano José – Seleção e a premiação de 730 obras físicas. Prêmios de R$ 5 mil e R$ 10 mil