João se destaca no cenário nacional pela eficiência no combate ao coronavírus e recebe saudações do Cidadania

O governador João Azevedo não cessa de se credenciar junto a opinião pública. Desta vez, o governador paraibano ultrapassou fronteiras e foi reconhecido nacionalmente pelo seu partido, o Cidadania, pelas ações de enfrentamento adotadas desde o início da pandemia quando não recuou em atender as medidas sugeridas pelas autoridades sanitárias.

João tem acompanhado e perto o trabalho das equipes sanitárias

João enfrentou de cabeça erguida e com coragem o arreganhar de dentes das forças mais obscuras que se manifestaram acintosamente no intuito de demovê-lo de decisões que contrariavam os interesses econômicos em prol da vida.

PB é destaque na distribuição e aplicação da vacina

Como resultado desta determinação o Estado destacou-se nacionalmente no combate a pandemia e vem colhendo os frutos desta política de prevenção e de combate ao vírus, reduzindo índices de internação, contaminação e óbitos, conquistando assim o reconhecimento nacional do seu partido como se pode constatar na matéria abaixo transcrita do blog do jornalista Marcone Ferreira.

Leia a matéria na íntegra:

João tem reconhecimento do Cidadania nacional; ‘escutou a ciência e os médicos’

O governador João Azevêdo recebeu o reconhecimento do seu partido, o Cidadania, através do Diretório nacional, por ações desenvolvidas no combate a pandemia da Covid-19, mantendo a Paraíba na vanguarda nacional por três semanas.

Segundo a direção nacional do Cidadania, “é um reflexo das políticas de enfrentamento da pandemia, que desde o primeiro caso confirmado da doença, optou por escutar a ciência, os médicos e os profissionais da área da saúde”, observou.

Mas o motivo por essa manifestação se deve a situação que se encontra o Estado, que termina a semana com a maior redução de mortes por Covid no país.

É bom lembrar, ainda, que a Paraíba é o quarto estado que mais vacinou.

Portanto, se destaca pela eficiência e transparência na distribuição de mais de 1 milhão de doses da vacina CoronaVac e Astrazeneca, enviadas aos municípios em menos de 24h a sua entrega ao Estado.