Hospital Municipal Pedro I bate recorde com 15 altas, nesta segunda-feira

Uma boa notícia em tempos de coronavírus: nada menos que 15 pessoas, que estavam internadas em leitos para tratamento da Covid-19, no complexo do Hospital Municipal Pedro I, tiveram alta médica somente nesta segunda-feira, 01.

Mais de 1.300 pessoas estão recuperadas da doença, em Campina Grande

No total, são oito homens e sete mulheres, com idades entre 38 e 82 anos, residentes de Campina Grande, que agora somam-se às mais de 1.300 pessoas já recuperadas da doença na cidade. Este é o maior número de altas registrado na unidade, desde o começo da pandemia no município, no mês de março.

Por enquanto, outros 75 pacientes ainda permanecem internados no complexo hospitalar do Pedro I. Destes, 32 estão em leitos UTI e 43 em enfermarias regulares. A estrutura, montada pela Prefeitura no local, dispõe de 138 leitos exclusivos para Covid-19, divididos entre o Pedro I e o Hospital de Campanha Dr. Virgílio Brasileiro, sendo 50 de UTI, com respiradores e 88 de enfermaria.

Além dos leitos do Complexo do Pedro I, também estão sendo oferecidos 115 leitos de UTI e enfermaria para Covid-19, pelo SUS, no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, Hospital de Trauma, Hospital Universitário Alcides Carneiro e na maternidade do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida – ISEA. Os hospitais particulares Antônio Targino e Santa Clara disponibilizaram 84 leitos para o público da rede privada.

Recuperados

Com as altas médicas de hoje no Pedro I, ao todo 1.342 pessoas já estão recuperadas da Covid-19 em Campina Grande. O número representa 85% dos 1.578 casos confirmados da doença na cidade. Cerca de 1.600 casos suspeitos do novo coronavírus ainda aguardam resultados de exames laboratoriais.

Fonte: Codecom