Governador anuncia fim do presídio do Róger, que vai virar centro cultural

O governador João Azevêdo (PSB), anunciou, nesta quarta-feira (26), mais uma importante iniciativa para a cultura, lazer e formação de jovens em João Pessoa. A novidade se trata da instalação do Centro Cultural do Róger. O equipamento será instalado onde hoje funciona o Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, que será desativado tão logo as obras da nova unidade prisional, que estão em ritmo acelerado de construção, sejam concluídas nas proximidades da PB-063.

O novo espaço disponibilizará para os moradores do Róger e outros bairros da região um intercâmbio com as diversas manifestações artísticas, a exemplo de música, dança, teatro, cinema e literatura, além de cursos técnicos para formação de mão de obra e inserção dos jovens na cada vez mais forte economia cultural.

O projeto integra uma ampla ação de governo para fortalecer a área central de João Pessoa, onde a gestão estadual está implantando o Parque Tecnológico Horizontes de Inovação, um ambiente para fortalecer o Estado como gerador e produtor de tecnologias, fomentando novas empresas, pesquisas e desenvolvimento, e a Escola Técnica de Artes, na antiga Cadeia Pública do Varadouro, que oferecerá aos jovens cursos de dança, música, audiovisual, teatro, fotografia, dentre outros.