Fecomércio orienta cuidados na reabertura do comércio na Paraíba a partir desta segunda

O Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba, Marconi Medeiros, recomendou aos empresários, clientes e toda a sociedade, cautela na reabertura do comércio na capital paraibana a partir desta segunda, 13. O objetivo é que este movimento seja feito de forma segura e seguindo todas as recomendações sanitárias estabelecidas pelos órgãos competentes.

“Estamos preocupados com a saúde dos funcionários, clientes e de toda a sociedade, e também com a saúde das empresas do setor terciário, que são grandes geradores de emprego e renda. Por isso, o empresariado está pronto para esta reabertura, seguindo todas as diretrizes sanitárias e de segurança estabelecidas pelas autoridades”, declarou o presidente Marconi Medeiros. “É importante que respeitemos o distanciamento mínimo necessário a fim de evitar aglomerações e que, ao sair, se utilize sempre máscara e álcool em gel. Com atenção e respeito às normas de segurança sanitária, podemos reduzir o contágio e retomar as atividades de forma segura. Temos certeza que os empresários do terceiro setor da economia estão prontos e confiantes de que, com criatividade, planejamento e muito trabalho, iremos alavancar novamente a economia da Paraíba”, finalizou.

Com o objetivo de orientar tanto os clientes como os lojistas e funcionários, o Sesc e o Senac disponibilizarão equipes multidisciplinares nos principais pontos comerciais da cidade. Estes profissionais trabalharão na conscientização acerca do uso de máscaras e álcool em gel, no cumprimento do distanciamento social necessário a fim de evitar aglomerações, entre outros.

A reabertura do comércio foi anunciada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, em pronunciamento nesta sexta-feira, 10, considerando a diminuição no número de contágios e nas ações de controle da Paraíba sobre a Covid-19. As lojas do varejo, shoppings populares e centros comerciais da capital abrirão em um horário diferenciado, das 9h às 15h, enquanto os shopping centers funcionarão das 12h às 20h. Estão permitidas também as atividades físicas individuais em espaços públicos (incluindo a orla da capital, as ciclovias e as praças) e a realização de jogos profissionais sem torcida.