Enquanto a violência toma conta do Estado oficial de tropa persegue funcionários no Edson Ramalho

O clima de pavor que a pandemia instalou no Estado não se mostra suficiente para conter certos exageros de quem aparentemente não reúne a necessária qualificação para assumir cargos e se exercitaria perseguindo e afastando profissionais, cuja competência lhe empresta autoridade para contestar certas determinações recomendadas por leigos.

Esse episódio de mesquinharia e perseguição estaria acontecendo no Hospital Edson Ramalho onde um oficial que devia estar nas ruas combatendo a criminalidade foi instalado como diretor do nosocômio e, incomodado com certos questionamentos de ordem técnica, recorreu ao arbítrio para resolver o impasse.

De acordo com texto que circula nas redes sociais e que chegou a caixa de mensagem do Jampanews, um certo coronel Almeida, questionado sobre a qualidade das máscaras que estava distribuindo para o corpo de funcionários do hospital encontrou no afastamento de uma infectologista a melhor solução para responder sobre as máscaras.

Uma atitude que, por si revela o despreparo e a truculência de um militar cuja especialização seria o combate a criminalidade nas ruas, onde sua efetiva contribuição seria inestimável diante do caos instalado pela violência.

Oficiais médicos é o que não faltam no hospital e o não aproveitamento desse corpo de profissionais qualificado deixa a corporação intrigada, mas já acostumada aos destrambelhos de um comando que não hesitou em colocar um veterinário para comandar a unidade que faz uso dos helicópteros da instituição.

Abaixo transcrevemos a denuncia que varre as redes sociais e as caixas de mensagem da Imprensa:

DENUNCIA 🚨
Sobre o Diretor Coronel Almeida do Hospital Edson ramalho transfere Dra Tereza Neuma Infectologista por ela ter questionado o uso de máscaras inapropriadas para o combate de linha de frente ao corona vírus. A mesma trabalhava na unidade há mais de 20 anos e foi transferida por um questionamento feito ao diretor. Pois os médicos,os técnicos, enfermeiros do hospital estão sendo contaminado porque as máscaras não são apropriadas.

Também quero informar: O mesmo não entende nada da área da saúde. Ele é de tropa!
Ninguém pode questionar nada que ele transfere.

Peço que #Compartilhem #Denunciem #ElePrecisaSerSubstituido

Nem os próprios médicos, pessoas que lá trabalham prestando serviço para o hospital tem a dignidade de receber o devido atendimento. Enquanto ele está numa sala do lado de fora do hospital, isolado e protegido para não ser contaminado e ninguém pode nem chegar perto da sala.