Em novos despachos no Ministério da Saúde, Bruno garante cota extra de 10 mil vacinas para Campina Grande, ampliação de leitos covid e investimentos no ISEA

Em mais uma audiência no Ministério da Saúde, na manhã desta quarta-feira, 2, o prefeito Bruno Cunha Lima foi recebido pelo secretário nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros. Numa reunião na sequência, Bruno despachou com a diretora do Departamento de Atenção Hospitalar-Domiciliar e de Urgência, a paraibana Adriana Melo Teixeira. Novamente, a agenda de Bruno na pasta rendeu bons resultados a curto prazo para Campina Grande.

Acompanhado da primeira-dama Juliana Figueiredo Cunha Lima, o prefeito Bruno recebeu a garantia do secretário Arnaldo Medeiros de que Campina Grande será contemplada com uma cota extra de 10 mil vacinas, por conta da atualização no número de profissionais de saúde de 11 mil para 22 mil registrados, além da ampliação no envio do imunizante Pfizer para o Município. Presente à reunião, na companhia do assessor especial do Prefeito Roberto Santa Cruz, o secretário Filipe Reul, da Saúde, comemorou a conquista.

Atendendo pleito de Juliana Cunha Lima, psicóloga, o secretário nacional de Vigilância em Saúde autorizou a habilitação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e o custeio federal para o Ambulatório de Saúde Mental. Houve compromisso também para revisão e incremento no valor do teto.

Na próxima audiência com a com a diretora Adriana Melo, do Departamento de Atenção Hospitalar-Domiciliar e de Urgência, foi assegurado que Campina Grande receberá, nos próximos dias, um lote de equipamentos para o reforço na estrutura hospitalar de enfrentamento à covid: monitores, respiradores e camas. A ampliação na oferta de leitos será viabilizada, segundo o prefeito Bruno, prioritariamente para o Hospital Dr. Edgley.

Outra importante conquista que tem a garantia da executiva paraibana: a habilitação de 10 novos leitos neo-natal no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA) – um dos pleitos despachados por Bruno Cunha Lima com o ministro Marcelo Queiroga, nesta terça-feira, 1. Outra boa notícia para a maternidade referência regional para partos de alta complexidade: a implantação do projeto piloto de Reestruturação de Hospitais Públicos (RHP), via Fundação Oswaldo Cruz.

O Superar desperta interesse

Um outro tema abordado por Juliana e que terminou por despertar interesse da secretária foi a instalação do Centro de Reabitilitação Pós-Covid, o Superar, que funciona no Centro de Referência em Reabilitação e Assistência em Saúde do Trabalhador (Cerast), no bairro Dinamérica. Segundo Adriana Melo, uma equipe do Ministério virá a Campina Grande, nos próximos dias, para conhecer a unidade pública – que é a primeira e única do Nordeste na prestação do serviço.

COVID-19: Secretaria de Saúde realiza aplicação de segundas doses da AstraZeneca no feriado desta quinta-feira

A Secretaria de Saúde de Campina Grande vai abrir quatro pontos de vacinação nesta quinta-feira, 3 de junho, feriado de Corpus Christi, para a aplicação de segundas doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Serão vacinados os idosos e profissionais de saúde que estão no período adequado para receber a dose de reforço.A vacinação vai acontecer das 8h ao meio-dia no Clube Campestre e no ginásio O Meninão (em sistema de drive-thru) e na Unifacisa e na Pirâmide do Parque do Povo, para pedestres.

É necessário fazer o agendamento no site vacinacao.campinagrande.pb.gov.br, mesmo se tratando de segunda dose, com o objetivo de agilizar o registro da aplicação no sistema. Caso as pessoas não consigam fazer, é possível fazer no próprio local de vacinação, com o auxílio da equipe de apoio. Também é necessário apresentar o cartão de imunização com o registro da aplicação da primeira dose.

Campina Grande já aplicou a dose 1 em 88.459 pessoas e a dose 2 em 38.795. Das 161.346 doses recebidas, 78% já foram aplicadas.

Codecom