Economia paraibana há uma década nas mãos competentes de João; folha, serviços e fornecedores permanecem recebendo em dia

O governador João Azevedo chegou ao fim de um ano turbulento sem perder o controle da embarcação, cuja rota tem enfrentando mares tempestuosos, sem que o timoneiro direcione a barca para os abrolhos. O conhecimento técnico do engenheiro João Azevedo vem sendo posto à prova, por uma década, com sald0 positivo para os paraibanos.

Nesses dois anos de gestão, agravados pela pandemia recente, o governador confirmou a capacidade de enfrentar turbulências, sem se deixar perder no nevoeiro, o que levou a economia de um estado pobre e pequeno seguir com relativa tranquilidade, honrando compromissos com servidores, fornecedores e prestadores de serviços.

João destaca regularidade na folha durante pandemia: “conseguimos manter em dia”

Os servidores estaduais recebem, nestas 4ª e 5ª feiras o salário correspondente ao mês de dezembro e passarão as festas de fim de ano com dinheiro no bolso.

O calendário de pagamentos foi anunciado pelo governador João Azevêdo ainda no dia 26 de novembro. Em um período de 26 dias, incluindo as folhas de novembro e de dezembro, serão injetados R$ 1,3 bilhão na economia paraibana, fortalecendo os setores de serviços e comércio durante as festividades natalinas.De acordo com o calendário, o pagamento da folha referente ao mês de dezembro será realizado nos dias 23 para pagamento dos salários de dezembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados e do 14° e 15° salários dos Prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor – edição 2020.

Já no dia 24, véspera de Natal, ocorre o pagamento dos servidores da ativa da Administração Direta e Indireta.

“Apesar da crise econômica gerada pela Covid-19, a eficiência da gestão fiscal do Estado permitiu que fizéssemos esse anúncio que irá gerar um forte impacto na economia da Paraíba pelos próximos 26 dias, incrementando diversos setores do nosso Estado que estão retomando as suas atividades. Apesar de todas as dificuldades, conseguimos manter o pagamento do funcionalismo dentro do mês trabalhado e também antecipamos a primeira parcela do décimo-terceiro salário, o que representa o nosso compromisso com os servidores e com o povo da Paraíba que terá, com os cuidados necessários que a pandemia ainda impõe, um Natal mais tranquilo”, afirmou o governador João Azevêdo na ocasião do anúncio.