Durval tem perfil assemelhado ao de Cícero e pauta sua história pela serenidade e equilíbrio

A eleição de Cícero Lucena foi um sinal para classe politica de forma geral, apontando para a preferência do eleitor pela experiência e pela moderação, pela simplicidade e pela humildade, características que moldam o perfil do prefeito eleito pelos pessoenses, ao final de um pleito bastante acirrado.

Durval tem perfil de moderação e experiência semelhante ao de Cicero; e é o mais cotado para presidir a CMJP

Essas características de estilo e de perfil migraram para outro campo de batalha, onde os destinos da cidade de Nossa Senhora das Neves serão decididos em pleito mais restrito, resumido a um colégio de 27 eleitores, que escolherá o presidente da Câmara Municipal, onde se concentra o Poder Legislativo da terceira cidade mais antiga do país.

Nesse embate, esse perfil tão assemelhado ao do prefeito eleito da capital servirá de parâmetro aos vereadores, que deverão fazer dele uma bússola na hora de escolher o presidente, para que a indispensável harmonia possa ser preservada na convivência entre os dois poderes.

O mais antigo no exercício do mandato e o que tem o reconhecimento e a confiança – por quase quatro décadas – do mais exigente e esclarecido eleitor paraibano, Durval Ferreira, mais uma vez, coloca seu nome para avaliação dos colegas na certeza que saberá corresponder a confiança de cada um e de representá-los com honestidade e inspiração para repetir as gestões que já exerceu e que tantos frutos renderam ao parlamento da capital comprovado por uma extensa folha de serviços prestados, sobejamente conhecida que inclui conquistas como a TV Câmara, Anexo do Legislativo, concurso público, e valorização do servidor.

Durval já está engajado no processo de escolha do novo presidente da Casa de Napoleão Laureano e tem realizado um trabalho de conciliação entre os postulantes, esbanjando a experiência adquirida nas quatro décadas como parlamentar, renovando suas habilidades de articulador a serviço da grandeza e da harmonia do Parlamento pessoense, atendendo pedido do prefeito eleito, que recomendou civilidade e serenidade na condução do processo de escolha do novo presidente.