DELTA: Bruno anuncia intensificação da fiscalização, edição de um novo decreto e a retomada do trabalho de prevenção comunitária no Município

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, por meio de live transmitida em seu perfil no Instagram, na noite desta quarta-feira, 1, anunciou ações de planejamento e medidas que o Município vai adotar, de imediato, para o enfrentamento da variante Delta do novo coronavírus. Também anunciou a edição de um novo decreto, a intensificação da fiscalização, a retomada do trabalho de prevenção comunitária pela Prefeitura e o monitoramento permanente sobre os novos casos.Acompanharam o prefeito na live o diretor do Hospital Municipal Pedro I, Tito Lívio Vieira; a diretora de Atenção à Saúde, Jeime Leal; e a gerente de Vigilância Sanitária, Betânea Araújo.

Prefeito alerta para “espetacularizacão” no enfrentamento à variante, mas reforça apelo à população

Bruno, que fez uso, durante a transmissão, de uma camisa para lembrar o Setembro Amarelo e a luta contra o suicídio, disse que, com base nos casos de outras regiões e países, a variante Delta já era um problema esperado na Paraíba e em Campina Grande. E revelou: nove casos foram, até o momento, confirmados em Campina Grande, mas só uma pessoa precisou de internação.

O prefeito alertou que, apesar da variante preocupar, não se deve “espetacularizar” o problema. Com isso, ninguém deve se assustar ou entrar em pânico, pois a vacinação vai avançar no Município, mesmo os atuais contaminados apresentando sintomas mais leves quando acometidos pela Delta.

De acordo com Bruno Cunha Lima, a fiscalização executada pelos órgãos municipais será intensificada, mas lembrou que o principal fiscal deverá ser o próprio povo, a quem cabe seguir as regras orientadas pelas autoridades da saúde, tais como uso de máscaras e de álcool em gel e o distanciamento social.

Para muita gente que retomou suas rotinas como se o vírus tivesse sido exterminado, Bruno mandou o recado:

“É preciso lutar contra o desrespeito às regras, fruto da falta de compromisso ou mesmo ainda da pouca consciência de muitas pessoas”.

Estratégia

O prefeito também revelou que vai formalizar pedido à comissão gestora da vacinação contra a covid na Paraíba, para que seja antecipada a segunda dose da AstraZeneca e Pfizer, por estas possibilitarem um alto nível de imunização contra as variantes do vírus.

Por fim, demonstrando otimismo quanto à luta contra a covid, Bruno informou que 87% de pessoas acima de 18 anos já receberam as doses. “Esse avanço é um motivo de alegria para todos os que estão lutando contra a covid. O número de mortes e de internações tem caído em Campina Grande”, comemorou.

Neste momento, no Hospital Pedro I, referência no tratamento à Covid-19, cerca de 14% das enfermarias estão ocupadas, enquanto o nível de ocupação da UTI é de pouco mais de 30%. Contudo, caso seja preciso, o Município dispõe de capacidade de ampliar o número de leitos, pois 153 novos leitos poderão ser acionados em curto espaço de tempo.

Codecom