Confusão com Gervásio: PSB nacional cobra providências da Segurança; veja mais vídeos

8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1

A presidência nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) emitiu nota em que repudia as agressões sofridas pelo deputado federal Gervásio Maia, presidente estadual do partido, durante o comício de encerramento da Caravana 40, em Guarabira, no fim de semana.

Diversos vídeos viralizaram na internet mostrando as discussões entre Gervásio Maia e Renato Meireles, envolvendo, ainda, aliados dos dois candidatos. Novos vídeos, com cenas após a confusão, foram divulgadas, também, pelas redes sociais.

Veja os vídeos mais recentes:

 

Confira, na íntegra, a nota assinada pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira:

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) repudia com veemência a violência política sofrida pelo deputado federal e candidato à reeleição Gervásio Maia (PB), na noite deste sábado (17), na Paraíba.

Na ocasião, o presidente estadual do PSB-PB exercia seu direito de fala em uma atividade de campanha na cidade de Guarabira quando foi covardemente agredido por um assessor parlamentar da Assembleia Legislativa do Estado.

O PSB se solidariza com o socialista e cobra providências por parte das autoridades de segurança pública.

Carlos Siqueira
Presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB)