Cícero vai encontrar implantada tecnologia de ponta na área de informação em JP

Cícero Lucena, prefeito eleito de João Pessoa, terá uma grata satisfação quando assumir a prefeitura em janeiro: O progressista vai encontrar pronto e acabada uma infraestrutura para dotar a capital paraibana de um avançado polo tecnológico na área de informação e ec0nomia criativa montado pela sagacidade gerencial do vereador Durval Ferreira.

Vaneide não deixou a peteca cair

Durval foi secretário da pasta por quase oito aos e ao voltar ao mandato deixou em seu lugar a competente e diligente Vaneide Araújo, que não deixou cair o ritmo, seguindo a batida do antecessor, galgando mais e mais etapas para transformar a capital paraibana em referência no setor.

Esta semana, Cícero Lucena, em companhia da senadora, Daniela Ribeiro, ambos dos Progressistas, estiveram nesta quarta-feira (16) no Ministério da Ciência e Tecnologia, onde mantiveram reunião com o ministro, Marcos Pontes.

Segundo Cícero, o objetivo da reunião foi buscar mecanismos para fortalecer o Extremotec, fazendo de João Pessoa um polo de desenvolvimento tecnológico. “Tivemos um excelente diálogo que trará frutos importantes para nossa capital”, revelou o prefeito eleito.

Cícero no MT

O Extremotec é um polo com atuação voltada para as áreas de tecnologia da informação e economia criativa.

Durante a campanha, Cícero defendeu a modernização dos serviços da prefeitura de João Pessoa para a população, inclusive na área de saúde, para que estejam acessíveis “na palma da mão” (smartphone). Além disso, o prefeito eleito defende que a capital se torne um celeiro para startups com atuação na área de tecnologia da informação.

Em 11 ciclo de capacitação, a SECITEC capacitou mais de nove mil profissionais. Os cursos oferecidos neste último ciclo foram: Planilhas em Excel básico e avançado, Introdução ao Marketing Digital, Introdução à segurança na Internet: Cisco, Comunicação em Público (Oratória), Introdução ao design com Corel Draw, Coaching: Aumente sua produtividade, Power Point, Construção de sites com HTML 5, Assistente Administrativo, Formatação de textos com Word e introdução à lógica da programação em Visualg.

“Esse foi um ano muito difícil por conta da pandemia provocada pela Covid-19, mas a entrega desses certificados nos traz um alento porque é a concretização de um trabalho árduo, com o envolvimento de muitos profissionais que não mediram esforços para a realização desses cursos. Esse trabalho começou como o vereador Durval Ferreira em 2017, enquanto ele era secretário da Secitec. A nossa meta era capacitar sete mil pessoas e nós ultrapassamos e muito essa marca. Fico muito feliz em ter ultrapassado essa marca e saber que nós fizemos parte na mudança de mais de oito mil pessoas que sairão daqui hoje mais preparadas para o mercado de trabalho”, relatou Vaneide Araújo, secretária da Secitec.

Outras ações da Secitec

Além dos cursos oferecidos pela Secitec, a pasta foi responsável por impulsionar o mercado tecnológico da capital, através do Extremotec, atraindo mais de 100 novas empresas do setor para a capital paraibana além de diversas multinacionais, propiciando ao empresariado um ambiente conectado com as universidades que geram mão de obra qualificada e conhecimento de ponta.

Outra ação de suma importância para a população de João Pessoa foi o Banco de Oportunidades. Um espaço online que promove o contato entre as empresas do Extremotec e os alunos que concluíram os cursos na área de tecnologia oferecidos pela Secitec. Graças a essa importante ferramenta, vários profissionais capacitados pela Secitec puderam encontrar um espaço no mercado de trabalho.

A Secitec também intensificou a campanha de recolhimento de lixo eletrônico, implantando mais 14 estações digitais que estão beneficiando diversas comunidades da Capital, dando continuidade ao programa Agente de Inclusão Digital, ação que está capacitando estudantes carentes.

“São vários projetos que desenvolvemos na nossa Secretaria. É uma honra saber que ultrapassamos metas e criamos mecanismos que beneficiam e muito a nossa população. Como agente público, essa é a nossa missão: ser um facilitador e transformador social,” revelou Vaneide.