Chove quase um terço do esperado para o mês em 24h na Capital paraibana

Choveu quase 100 milímetros (mm) nas últimas 24 horas em João Pessoa, entre quinta (18) e sexta (19), de acordo com a Defesa Civil. Apesar da chuva forte, não foram registrados deslizamentos de barreiras ou famílias desabrigadas. O número é o equivalente a quase um terço do previsto para o mês de junho, que é de 301,7 mm.De acordo com o coordenador da Defesa Civil da Capital, as chuvas das últimas 24h chegaram a 91 mm, devendo se aproximar dos 100 mm ainda nesta sexta-feira (19), mesmo ocorrendo em menor intensidade. Os maiores volumes de chuva foram registrados nos bairros de Altiplano e Cuiá.

Vários pontos da cidade sofreram com as chuvas

“Estamos tendo um inverno bem distribuído no qual apesar de registrarmos muita chuva em um mesmo dia, não estão sendo dias seguidos assim. E estamos sempre alerta como tem sido nos anos anteriores para auxiliar a população. Mas o trabalho preventivo que vem sendo realizado, com limpeza de rios, galerias, podas de árvores de risco e obras de infraestrutura é o que tem contribuído para que as chuvas causem o mínimo dano na cidade e aos moradores”, afirmou Noé Estrela.

Chamados
Segundo ele, a Defesa Civil recebeu chamados em um assentamento no bairro Colinas do Sul e em outro do Bairro das Indústrias. Equipes do órgão estiveram nos dois locais para prestar assistência. “Levamos máquinas para abrir valas para escoar a água e kits com cobertores e máscaras para os moradores”, disse.

Trânsito
A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) apontou acúmulo de água na Principal dos Bancários, na Zona Sul da cidade, mas a situação foi normalizada após as 9 horas. Nas demais vias monitoradas, o trânsito fluía bem nas primeiras horas da manhã.

O trânsito fiou complicado

Previsão do tempo
A Aesa informou que permanece a condição de instabilidade sobre o setor centro/leste da Paraíba, associada ao transporte de aglomerados de nuvens oriundas do oceano Atlântico em direção à costa leste do Nordeste. Com isso, o tempo deverá permanecer instável com chuvas.

“No decorrer do dia sugere-se uma atenção especial para o setor leste paraibano, principalmente para a faixa litorânea, haja vista que devido à alta instabilidade poderão ocorrer chuvas mais significativas”, diz comunicado da agência publicado em seu site oficial.

A cidade baixa também foi atingida

Exclusivamente para o Litoral, onde se encontra João Pessoa, a Aesa prevê tempo nublado a parcialmente nublado com chuvas esparsas. A temperatura mínima é de 21º e a máxima de 29º. Em toda a Paraíba, a mínima prevista é de 18º e a máxima de 32º.

Início do inverno
Ainda segundo a Aesa, neste sábado (20) se inicia a estação de inverno no Hemisfério Sul, às 18h44min. Nas regiões do Cariri/Curimataú, Sertão e Alto Sertão, a estação de inverno apresenta reduzidos totais pluviométricos. Já nas regiões do Agreste, Brejo e Litoral representam em torno de 40% do total precipitado no ano.

Neste período, o principal sistema meteorológico gerador de chuvas na Paraíba é constituído por distúrbios ondulatórios de leste (nuvens que se formam no oceano Atlântico e se deslocam em direção à costa leste do Nordeste, principalmente sobre as regiões do Agreste, Brejo e Litoral).

A previsão é de mais chuva no nordeste

No inverno, as temperaturas são climatologicamente mais amenas. As temperaturas atingem valores mínimos de 16º C, principalmente sobre o Brejo, Agreste e Cariri, e a máxima em torno de 30º C no Sertão e Alto Sertão.

Alerta do Inmet
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo potencial na manhã desta sexta-feira em virtude de acumulado de chuva em 124 cidades da Paraíba, incluindo a Grande João Pessoa. O aviso segue até as 9h deste sábado.O Inmet indica que podem ocorrer chuvas com volumes entre 20 e 30 milímetros por hora ou de até 50 milímetros por dia. As áreas atingidas na Paraíba são Cariri, Seridó, Agreste, Brejo, Litoral e Zona da Mata.

Conforme a previsão, há baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

O instituto aconselha que as pessoas evitem enfrentar o mau tempo, observem alteração nas encostas e procurem não usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Lista de cidades da Paraíba incluídas no alerta:
Alagoa Grande
Alagoa Nova
Alagoinha
Alcantil
Algodão De Jandaíra
Alhandra
Arara
Araruna
Araçagi
Areia
Areial
Aroeiras
Assunção
Bananeiras
Baraúna
Barra De Santa Rosa
Barra De Santana
Barra De São Miguel
Bayeux
Baía Da Traição
Belém
Boa Vista
Boqueirão
Borborema
Caaporã
Cabaceiras
Cabedelo
Cacimba De Dentro
Caiçara
Caldas Brandão
Campina Grande
Capim
Caraúbas
Casserengue
Caturité
Conde
Coxixola
Cruz Do Espírito Santo
Cubati
Cuitegi
Cuité
Cuité De Mamanguape
Curral De Cima
Damião
Dona Inês
Duas Estradas
Esperança
Fagundes
Frei Martinho
Gado Bravo
Guarabira
Gurinhém
Gurjão
Ingá
Itabaiana
Itapororoca
Itatuba
Jacaraú
João Pessoa
Juarez Távora
Juazeirinho
Junco Do Seridó
Juripiranga
Lagoa De Dentro
Lagoa Seca
Logradouro
Lucena
Mamanguape
Marcação
Mari
Massaranduba
Mataraca
Matinhas
Mogeiro
Montadas
Mulungu
Natuba
Nova Floresta
Nova Palmeira
Olivedos
Parari
Pedra Lavrada
Pedras De Fogo
Pedro Régis
Picuí
Pilar
Pilões
Pilõezinhos
Pirpirituba
Pitimbu
Pocinhos
Puxinanã
Queimadas
Remígio
Riacho De Santo Antônio
Riachão
Riachão Do Bacamarte
Riachão Do Poço
Rio Tinto
Salgado De São Félix
Santa Cecília
Santa Rita
Santo André
Sapé
Serra Branca
Serra Da Raiz
Serra Redonda
Serraria
Sertãozinho
Sobrado
Soledade
Solânea
Sossêgo
São Domingos Do Cariri
São José Do Sabugi
São José Dos Ramos
São João Do Cariri
São Miguel De Taipu
São Sebastião De Lagoa De Roça
São Vicente Do Seridó
Tacima
Taperoá
Tenório
Umbuzeiro

Portal Correio