Centro de Assistência Avançada do Trauma do Idoso atende os 100 primeiros pacientes e reduz internação em 82%

Em quase dois meses de funcionamento, o Governo do Estado, por meio do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, comemora os resultados dos atendimentos aos 100 primeiros pacientes do Centro de Assistência Avançada do Trauma do Idoso (CAATI), pioneiro no Nordeste, que reduziu o tempo de internação com taxa zero de infecção de ferida operatória.

Nesse período, o CAATI já conseguiu reduzir em aproximadamente 82% o tempo de internação do idoso. Atualmente a taxa média de permanência do idoso é 3,7, e antes da criação do centro a taxa média de permanência do idoso era de 21 dias. De acordo com o governador João Azevêdo, a redução do tempo de internação, além de um benefício ao paciente, diminui os custos para o hospital. “Esse é um serviço pioneiro no Nordeste, que oferece atendimento humanizado, aumentando as chances de recuperação, diminuindo o risco de sequelas e tempo de internação, o que se estima uma economia de R$ 800 mil, só levando em consideração os custos de hotelaria hospitalar”, ressaltou.

O benefício da redução da internação do idoso também se observou na constatação da taxa zero de infecção de ferida operatória. Para o diretor geral do Hospital de Trauma de João Pessoa, Laecio Bragante, é o resultado do respeito e da valorização do atendimento de excelência à população idosa. “Esse é o bem do povo da Paraíba, nesse espaço cuidamos dessa população, vítima de trauma, promovendo o respeito e a qualidade de vida, prestando um serviço humanizado e salvando suas vidas. Começamos com um sonho e hoje já é uma realidade”, frisou.

De acordo com o setor de estatística, dos pacientes que deram entrada no Centro do Idoso, a grande maioria é do sexo masculino com 81,3%, idade entre 70 a 99 anos, e o motivo do atendimento no setor foi queda da própria altura, o que representa quase 94%.

O CAATI conta com um serviço humanizado, pois é permitido o acompanhamento familiar 24h, como foi o caso da avó de Synara Carvalho, que ficou internada devido a uma fratura. “O tempo em que minha avó precisou ficar internada, ela recebeu todo o cuidado e atenção que ela precisava. Ficar com ela no leito foi crucial para sua recuperação. Saímos do hospital muito satisfeitos com o atendimento de toda equipe hospitalar”, enfatizou.

CAATI – O Centro de Assistência Avançada do Trauma do Idoso foi inaugurado no dia 17 de novembro de 2021. O serviço conta com 30 leitos, sendo 20 de enfermaria especial e 10 de Unidade de Terapia Intensiva. A nova modalidade assistencial garante tratamento humanizado aos pacientes, com acompanhamento familiar 24h, inclusive aos internos da UTI.