Cabo Gilberto rejeita aliar-se ao partido de Ricardo na AL e diz que “polícia não se mistura com vagabundo”

O deputado Cabo Gilberto bateu pesado no ex-governador Ricardo Coutinho ao rejeitar declaração do socialista de que poderia entabular negociações para reforçar a Oposição na Assembleia Legislativa. Em tom contundente, o provável líder do partido do presidente Bolsonaro na Paraíba descartou qualquer possibilidade de se associar ao ex-governador dizendo que “polícia não se junta com vagabundo”.

Deputado rejeita qualquer aproximação com Ricardo Coutinho

As declarações do deputado revelam o abismo que Ricardo criou para ele e para os seus aliados na política já que os integrantes do PSB terão que conviver com a solidão e o isolamento caso não consigam romper a barreira erguida pelo deputado.

A reação do deputado aconteceu após o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmar, em uma entrevista na cidade de Sousa, no Sertão do Estado, que não descarta a possibilidade de abrir diálogo com a oposição após romper politicamente com o governador João Azevêdo (sem partido), o deputado estadual Cabo Gilberto, em entrevista no Programa Agora Master, na TV Master, afirmou que não existe essa possibilidade de abrir dialogo com o ex-governador da Paraíba.

” Não existe essa possibilidade, não me junto com vagabundo; Polícia não se junta com bandido, volto a frisar que não existe essa possibilidade.” frisou deputado.

Redação com Vv Master