Aulas da rede estadual devem voltar somente após junho, diz João

As aulas na rede estadual devem voltar, no mínimo, depois de junho. A informação foi dada pelo governador João Azevêdo (Cidadania) durante live nesta segunda-feira (4), que serviu para comentar sobre as novas medidas com objetivo de conter o avanço da Covid-19 no estado.Questionado por uma internauta sobre o retorno das aulas na rede estadual de ensino, João disse que o Estado não tem pressa quanto a isso, além de informar sobre a adoção do ensino à distância – que vem tendo grande adesão do corpo estudantil.

“Não há pressa de voltar as aulas agora”, assegurou o governador, que também lembrou que crianças e adolescentes podem ser vetores do vírus

+ Governador diz que próximos dias serão difíceis na PB: “melhor remédio é isolamento”“Bem provável que só depois de junho. Não temos pressa com relação a isso, se isso pode por em risco a vida de algumas pessoas. Nesse momento o objetivo maior é preservar vidas, é proporcionar a chance das pessoas terem um atendimento hospitalar melhor”, afirmou o governador.

O gestor também lembro que as crianças e adolescentes, por mais que não façam necessariamente parte do grupo de risco por conta da faixa etária, elas são vetores do vírus – ou seja, podem portar, serem assintomáticos e transmitir para alguém do grupo de risco, com um familiar de idade mais avançada.“Não há pressa de voltar as aulas agora”, assegurou João.