Anitta é indicada ao Grammy 2023 como melhor artista revelação do ano

A brasileira Anitta foi indicada ao Grammy 2023 como melhor artista revelação, categoria de destaque no prêmio mais importante da música mundial.

É a segunda mulher do país a ser indicada na categoria, após Astrud Gilberto, em 1965. Também já foram lembrados na categoria os cariocas Tom Jobim e Eumir Deodato, todos de gerações muito anteriores à estrela do pop. A última indicação, de Deodato, foi em 1974.

A entrega do Grammy acontece em 5 de fevereiro e tem entre seus principais indicados artistas como Beyoncé, Adele e Kendrick Lamar.

A nomeação coroa o ano de maior destaque internacional para a artista, que chegou ao topo do Spotify mundial com o hit “Envolver”, um feito inédito até então para o Brasil.

Como mostrou um levantamento da Folha, porém, a música foi bem mais tocada no país de origem de Anitta e na América Latina, relativizando o componente global do sucesso da cantora.

A música também chegou ao primeiro lugar da Billboard, também a primeira vez que uma brasileira conseguiu a façanha.

A artista fez ainda um show apoteótico no festival Coachella, na Califórnia, levando o funk carioca pela primeira vez ao um dos principais palcos da música mundial.

Foi neste ano também que Anitta foi indicada para seu primeiro VMA, o Video Music Awards, e acabou vencendo na categoria de melhor clipe de música latina.

A cantora chamou atenção por estar com um vestido “vermelho PT”, o que remete ao outro grande assunto que levou Anitta às manchetes, dessa vez em âmbito doméstico —seu apoio em julho à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva contra Jair Bolsonaro nas eleições.

Depois de anunciar um apoio efusivo ao candidato petista e sugerir que seria ativa na campanha, porém, a cantora se recolheu durante a maior parte do período eleitoral, comemorando a vitória de Lula só após o segundo turno.

Foto: Reprodução

Texto: Folha de S. Paulo

Veja matéria completa: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2022/11/anitta-e-indicada-ao-grammy-2023-como-melhor-artista-revelacao.shtml