Aí! Aí, aí, aí o dólar é bom demais…

Enquanto nas redes antissociais o embate se resume ao que foi dito por líderes dos dois extremos. O dólar voltou a nos atormentar, sei que virão muitos em defesa dos bons costumes e do deus Money criticar.

Por tanto, sejam bem-vindo.

Já estamos passando dos limites aceitáveis para fazer vista grossa quanto a economia que nos foi prometida. Disseram que ao tirar o Partido dos Trabalhadores teríamos um céu de brigadeiro, a nova Jerusalém, a realidade é outra e não estamos aguentando tanto exploração.

É assustador ver os mesmo que pediram para que o dólar retornasse ao valor de R$1,99 comemorar R$5,76. Tapar os olhos não farão bem para nosso futuro, onde foram os patriotas? Esqueceram da indignação por ter eleito um capitão? Esse mesmo que pela manhã declara que teremos e à noite desiste.

Qual o plano para governar o país desse homem? Não sabemos.

Um governo meme, vive de críticas aos governos passados. Tivemos apresentações, cultos, cartazes, gritos contra corrupção. E agora? O que temos? Para onde vamos têm oque comer? Antes mesmo de vir criticar diga, por favor, qual o futuro desse país. Não desejo viver de fé, quero ser livre de qualquer amarra criada para não cumprir com o prometido.

 

Pois é, tiramos o petê! E agora?!

Precisamos de planejamento para hoje, e ainda mais para amanhã. No ritmo que estamos não haverá economia que seja suficiente para salvar esse governo.