247 cartões do Passe Legal foram bloqueados em fevereiro

Usuários que tiveram o cartão bloqueado devem comparecer à sede do Sintur-JP para regularizar a situação

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) identificou que 247 cartões do Passe Legal foram bloqueados em fevereiro em decorrência de acessos irregulares de passageiros no transporte público da capital. Segundo os dados consolidados, em fevereiro foram analisados 1.064.591 acessos. Deste total, 223 cartões de estudantes e 24 de pessoas que têm direito à gratuidade foram bloqueados após a constatação de uso irregular. Os dados também mostram uma redução de 32% no número de cartões bloqueados em relação a janeiro deste ano.

O usuário que teve o cartão bloqueado deve comparecer à sede do Sintur-JP, que fica localizada na rua Treze de Maio, 103, no Centro da cidade, para regularizar a situação. Após ser notificado, o passageiro terá que refazer o cadastro e pagar R$ 16,00 para tirar um novo cartão. Em caso de reincidência, o cartão fica bloqueado por 30 dias e, se voltar a reincidir, por 180 dias.

O Sintur-JP divulga mensalmente o número dos cartões bloqueados para orientar a população sobre as consequências do uso indevido do Passe Legal. A análise dos acessos irregulares nos coletivos está sendo realizada desde o início do ano passado, quando foi implantado o sistema de biometria facial no transporte público de João Pessoa. Além de proporcionar agilidade no embarque dos usuários, a biometria facial confere mais segurança às empresas na verificação do acesso dos clientes que têm benefício na passagem, que são os estudantes e os passageiros de gratuidade.