Polícia Militar chega depois da porta arrombada e apenas sete motos são apreendidas na orla

Só depois que o Jampanews ensinou o caminho das pedras é que a Polícia Militar na sua tradicional e lamentável lerdeza tentou fechar a porta arrombada pelos motoqueiros nas suas apresentações noturnas, onde quebram o silêncio das madrugadas, incomodando moradores e transeuntes, com suas exibições barulhentas.

Eles deram um pitu na PM e não foram ao Busto

Vídeos e áudios divulgados pelas redes sociais, em protestos aos espetáculos barulhentos, que lembram aqueles globos da morte dos circos de antigamente; e dessas exibições percorrerem os quadrantes da cidade, mostrando toda a inoperância de uma corporação que caduca a passos largos tolhida pela falta de oxigenação nos seus comandos.

Diante desse cenário de paralisia mental, responsável pelo planejamento estratégico, é que medidas são tomadas e enviado para o local o aparato que se arma nessas ocasiões, para iludir a plateia de incautos.

Em seguida ao mapeamento feito pelo Jampa, tudo o que é sigla de policiamento aportou no Busto de Tamandaré para recolher minguadas sete motos de desavisados acrobatas, que circulavam na orla.

Para quem tenta se segurar a todo custo, o arrastão serve para tapar buraco e as obcecadas criaturas continuarem sonhando com a eternidade no serviço público.

Obviamente que a maioria dos motoqueiros escapou ilesa e aguarda o circo da PM arriar a lona para voltar as sua exibições barulhentas, que rompem os tímpanos de um cidadão acostumado cada vez mais com a inércia da corporação a serviço de interesses que não são os da sociedade, necessitada de tudo, inclusive de silêncio para dormir em paz.

O Jampanews tem prestado sua colaboração ao sossego publico, ensinando o caminho das pedras aos cérebros exauridos de uma corporação exaurida impedida de se renovar pela cobiça e vaidade de uma caduquice que se supera em carmim e batom para esconder as marcas que o tempo deixa em tudo e em todos.

Para o aparato ganhar feições de festival de cinema só faltou a bandinha debochada.

Polícia apreende motocicletas irregulares e adverte 12 bares na orla de JP

Local recebeu reforço a pé para apoiar as ações preventivas tanto na calçada, quanto na faixa de areia, com o objetivo de evitar crimes e possíveis aglomerações

A orla recebeu reforço de policiamento a pé que apoiou as ações de policiamento preventivo tanto na calçada, quanto na faixa de areia, com o objetivo de evitar crimes e possíveis aglomerações.

Durante as ações 12 bares também foram advertidos quanto ao período de funcionamento no atual cenário pandêmico, conforme previsto em legislação estadual, tendo estes estabelecimentos obedecido o horário de fechamento.