Forças de Segurança da PB apreendem outra grande quantidade de drogas no Sertão

a Paraíba entrou definitivamente na rota internacional do tráfico depois que uma pequena aeronave caiu as margens e uma rodovia em São Paula e nela continha algo de 300 toneladas de cocaína, material ainda sendo periciado pela Polícia Cientifica paulista.

O bimotor era supostamenete pilotado pelo filho do suplente de senador Zeca do atacadão. Dias depois, um piloto que trabalhava para as empresas da família foi baleado em um restaurante da orla da capital e agora um trabalho de investigação da Polícia paraibana consegue apreender outra grande quantidade de cocaína no sertão aumentando as suspeitas de que, o estado entrou definitivamente na rota internacional do tráfico de drogas.

Jean Nunes está vigilante no combate às drogas

Um trabalho conjunto das forças de segurança da Paraíba apreendeu uma carga de cocaína que estava sendo trazida por uma aeronave, no início da tarde desta quarta-feira (9), na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba.

As primeiras informação são de que a droga veio do Estado da Bahia. Quatro homens, que são de São Paulo, foram presos em flagrante, assim que o avião aterrissou.

A apreensão aconteceu após denúncias sobre a chegada da droga pelo aeródromo de Catolé do Rocha. Mais cedo, foram vistos três carros circulando pelo local, mas até agora os veículos não foram localizados.

Assim que houve a aterrisagem da aeronave, equipes do 12º Batalhão, 6ª Companhia do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Força Regional abordaram o piloto, o copiloto e outros dois suspeitos que estavam no avião. Na revista, toda a cocaína, cujo peso exato ainda está sendo contabilizado, foi encontrada em caixas.