Sala da Corregedoria e Ouvidoria da Segurança pode ter sido visitada por desconhecidos; perícia foi solicitada para analisar invasão do ambiente

Algo extraordinário teria ocorrido no âmbito da Secretaria de Segurança Pública caso sejam procedentes as informações sobre o arrombamento do prédio onde funciona a Corregedoria na Avenida Tabajara, centro, e cujo anexo comportaria a Ouvidoria da pasta, aquela onde trabalhou por muito tempo a competente Valdênia Aparecida Paulino Lanfranchi verdadeira bomba relógio tiquetaqueando para algumas pessoas ligadas ao esquema devastado do ex-governador Ricardo Coutinho.

Visita sorrateira teria acontecido na Corregedoria da SSP

O arrombamento não foi confirmado nem tão pouco desmentido pelos setores competentes, o que se pode deduzir que, quem cala consente e passa ter veracidade os rumores que chegaram até o Jampanews.

Seria mais um arrombamento nessa realidade deserta de policiamento ostensivo e preventivo tão festivamente alardeado em rumorosas inaugurações, mas incapaz de conter os avanços dessa horda atrevida que não respeita mais nem a Polícia, adentrando em salas a procura do quê ninguém sabe ninguém viu, mas que já teria despertado a atenção de autoridades do Ministério Público, desconfiadas da participação de gente graúda do sistema policial interessada em fazer desaparecer certos inquéritos, que inquietariam determinadas autoridades policiais.

Inquéritos e dossiês estariam na mira do visitante

O arrombamento teria sido admitido por fontes de alta credibilidade junto à própria Secretaria e uma perícia solicitada para apurar a autoria da invasão do prédio público, onde estariam engavetados inquéritos capazes de comprometer muita gente que pousa de bacana na fita.

Um dos prováveis inquéritos, dormitando nas gavetas da corregedoria e da Ouvidoria, seria o misterioso dossiê Lanfranchi apontando oficiais que teriam patrimônios incompatíveis com os rendimentos como também outro, onde militares foram flagrados, roubando combustível de viaturas, mas um dos envolvidos estranhamente omitido do inquérito o que teria provocado perplexidade tendo sido solicitado às explicações cabíveis, já que o beneficiado hoje dirige para alguém de alta patente na corporação.

O Governo estaria infestado de espiões

O certo é que o arrombamento aconteceu não se sabe ainda o que foi retirado ou destruído, mas pelo andar da carruagem e pelo interesse despertado no Gaeco, seria uma ação de ousadia que pode ter partido de dentro do próprio sistema de segurança, pelas implicações que as investigações policiais provocaram no esquema investigado, cujo desespero pode estimular ações de alto risco.

Apesar de abafada a invasão causou preocupação no interior do Governo e o fato estaria sendo apurado em toda sua extensão para identificar o autor ou autores da ousada operação.

Leave a comment