Romaria da Penha, na sua 256ª edição,  ‘arrasta’ 500 mil fiéis por caminhada de 14 km em JP

A Romaria da Penha completa 256 anos em 2019 e deve levar novamente milhares de fiéis para as ruas de João Pessoa na noite do dia 23 de novembro. São 14 km de caminhada, sendo um total de 4 horas para percorrer todo o trajeto, que vai do Centro da cidade à Praia da Penha, onde fica localizado o Santuário. Este ano, o tema da Festa e da Romaria é: “Senhora da Penha, roga por teus filhos e filhas para que sejamos missionários da alegria e da paz”. A programação já está ocorrendo com celebrações todas as noites, no Santuário.

São 14 km de caminhada, sendo um total de 4 horas para percorrer todo o trajeto, que vai do Centro da cidade à Praia da Penha, onde fica localizado o Santuário

A Capela em homenagem a Nossa Senhora da Penha, na Orla de João Pessoa, foi construída em 1763, ou seja, há 256 anos. Desde então, a cada ano, fiéis rendem graças à Santa, e por isso, podemos dizer que em 2019 a Romaria completa 256 anos. Mas a caminhada, como conhecemos hoje, com um número grande de romeiros, tendo o percurso saindo do Centro da Capital até o Santuário, tem menos tempo. Segundo relatos, ela é realizada há cerca de 122 anos.

A Romaria da Penha é realizada sempre na noite do último sábado para o último domingo de novembro e desde o ano de 2006 que se inicia às 22h. Antes começava à meia-noite, terminando a caminhada no início da manhã, sob sol forte, o que fazia com que muitos romeiros passassem mal. O percurso também passou por mudanças ao longo dos anos, mas sempre teve seu início saindo da Igreja de Lourdes, no Centro da Capital, porque essa Igreja era a Matriz da Paróquia da qual o Santuário da Penha fazia parte.

São cerca de 2000 pessoas trabalhando para que a Romaria ocorra: pessoas ligadas à Igreja, distribuídas por equipes de coordenação, apoio, liturgia, andor e coleta, além das equipes da Prefeitura Municipal de João Pessoa e do Governo do Estado da Paraíba, através de órgãos como Secretaria de Segurança Pública, Semob, Sedurb, Emlur e equipes médicas. Há ainda o apoio das empresas privadas e dos meios de comunicação. Também durante a Caminhada, 11 trios de Ministérios de Música das Paróquias e Comunidades da Arquidiocese da Paraíba ajudam na animação, com música e momentos de espiritualidade.

Programação

No Sábado, dia 23 de novembro, no dia da Romaria, a programação no Santuário começa às 15h, com recitação do Terço e, às 17h, a Carreata de Nossa Senhora da Penha conduzindo a imagem até à Igreja de N. Sra. De Lourdes, de onde sai a Romaria, já iniciando também a concentração dos romeiros. Na Igreja de Lourdes haverá a recitação do terço, às 18h30, em seguida louvor Mariano e, às 20h30, Missa Campal em homenagem à Nossa Senhora da Penha. Às 21h45, o Arcebispo Dom Manoel Delson e o Reitor do Santuário da Penha, Monsenhor Nereudo Henriques, realizam o momento de benção e envio dos romeiros e, às 22h, tem início a Procissão. Às 23h, no Santuário da Penha, em paralelo a Caminhada, alguns fiéis realizam momentos de louvor e oração.

A chegada dos romeiros é prevista para às 2h da manhã do domingo, dia 24, e a imagem chega por volta das 3h30 para o início da Missa Campal, com Dom Delson. Também no domingo, ocorrerá uma Celebração Eucarística no Santuário da Penha, às 10h, na Solenidade de Cristo Rei, presidida pelo Reitor do Santuário Monsenhor Nereudo.

 

Foto Luiz Vaz/ Secom

Leave a comment