Presença de Julian Lemos (PSL) dentro do Governo de João (PSB) desperta dor de cotovelo e deixa muito girassol com cara de paisagem

A crise de ciúmes, manifestada pelo deputado federal Gervásio Maia Filho, teria origem nessas fotos, que ilustram a matéria sobre a visita do colega Julian Lemos aos setores mais entranhados do Governo de João Azevedo, onde viceja um dos poucos indicados pelo sucessor a cargos de relevância na gestão: o secretário de Segurança Pública, Jean Francisco, cercado de remanescentes do governo que Maia Filho defende com tanto ardor, verdadeira carga pesada da qual João estaria se desfazendo ao sabor dos tsunamis provocados pela Operação Calvário.

Presença de deputado do PSL no Governo estraçalha os nervos de muito girassol

Os destemperos do deputado, ligado a Ricardo e que foi cogitado para ser seu sucessor, não emplacando pela desconfiança que o Mago sempre demonstrou em relação aos políticos, revelam o grau de desentendimento que atingiu as relações entre as alas do PSB, em confronto e cada vez mais distante da conciliação.

O clima de civilidade estabelecido pelo governador João Azevedo com o deputado bolsonarista Julian Lemos teria levado ao transtorno Gervásio e, principalmente seu mentor, o ex-governador Ricardo Coutinho, cada vez mais isolado no cenário político haja vista os passos dados por João em direção antagônica ao que Ricardo preconiza.

A presença de Julian Lemos na Secretaria de Segurança, depois de um encontro de trabalho em Brasília com João Azevedo, seria a senha para o início de um entendimento, que retiraria a Paraíba do índex do Governo Federal, suavizando a liberação de recursos, que se tornaria menos escassa como decorrência do posicionamento hostil que os governadores nordestinos tomaram no início da gestão de Bolsonaro.

Julian comanda reunião de trabalho com equipe de João e deixa muita gente em polvorosa

Rebelde sem Causa

Com a Paraíba alinhada institucionalmente ao Governo Federal muito do discurso de rebeldia e resistência do ex-governador perderia força e legitimidade atrapalhando seus projetos de ascendência no cenário nacional e restringindo sua dimensão política junto às esquerdas do país.

Julian chega com força total e a reunião com a cúpula da Segurança do Governo de João Azevedo pode fechar os espaços para quem tem uma trajetória de lealdade e fidelidade ao ex-governador Ricardo Coutinho, virtude que pode ser atribuída à maioria dos integrantes da pasta de Segurança com exceção para o Secretário Jean Francisco tirado do bolso do colete pelo governador eleito.

Tem muita gente no Governo fazendo cara de paisagem

Não apenas o deputado do PSB, Gervásio Maia, deve estar apreensivo com essa guinada de rumo do governador em direção a mares antes nunca navegados, mas também os remanescentes do governo passado, ostentando cara de paisagem diante do cenário que se delineia no momento apontando para a necessidade da atual gestão ter nos seus quadros gente nova e da inteira confiança do gestor e que esteja longe dos turbilhões que venham ser provocados pelas investigações da Operação Calvário, onde tudo que tem cheiro de girassol cheira mal.

Os milhões prometidos pelo deputado Julian Lemos para a Segurança Pública deve traçar novas rotas na política da Paraíba e muito marujo velho pode voltar para casa abrindo espaço para novos navegantes, com ideias mais atualizadas, porque navegar é preciso, já declamava Fernando Pessoa.

Leave a comment