Jampa News

12/03/2018 às 19:50

Romero lamenta morte de Corbiniano Lins e presta homenagem ao artista pernambucano

Para o prefeito Romero, a obra do artista fica eternizada em Campina Grande Para o prefeito Romero, a obra do artista fica eternizada em Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, lamentou neste final de semana o falecimento do escultor pernambucano José Corbiniano Lins, de 94 anos, autor do monumento Os Pioneiros da Borborema, que fica às margens do Açude Velho, ao lado do Parque da Criança.
 
 
Nascido de Olinda, no dia 2 de março de 1924, o artista plástico lutava contra uma aguda diverticulite somada a uma insuficiência renal. Ele estava internado há cerca de 30 dias no Hospital Alberti Sabin, no Recife, onde faleceu no sábado, 10.
 
No final da tarde deste domingo, 11, sob forte comoção, familiares, amigos, autoridades e admiradores do escultor olindense o sepultaram no cemitério Parque das Flores, na capital pernambucana.
 
Corbiniano Lins deixa oito filhos, oito netos e dez bisnetos.
 
Para o prefeito Romero, a obra do artista fica eternizada em Campina Grande como um dos monumentos mais importantes da Paraíba.
 
"Fica a saudade e registro de sua ligação com nossas raízes. As estátuas inauguradas na década de 1960 representam três figuras históricas na fundação da Rainha da Borborema: o índio, representando a origem primitiva da cidade, a catadora de algodão, que simboliza a importância da força da mulher no desenvolvimento industrial de Campina, além do tropeiro, lembrança da pujança do nosso comércio e ícone da resistência campinense", pontuou.
 
Obras
 
 
Foto: Junot Lacet Filho
 
Antes de executar, em 1963, o monumento em homenagem ao 1º Centenário de Campina Grande, José Corbiniano Lins participou do Movimento de Arte Moderna do Recife, na década de 1950, ao lado de nomes como Abelardo da Hora, Reynaldo Fonseca e Samico e Celina Lima Verde.
 
Em sua carreira, o artista plástico expôs suas obras em importantes salões de São Paulo, Rio de Janeiro e alguns países da Europa América Latina e Oriente Médio.
 
Ainda na Rainha da Borborema, Corbiniano executou o painel para o edifício do Fórum de Campina Grande e a figura-símbolo do Clube do Trabalhador.

Fonte: Codecom/CG

Notícias + Lidas