Jampa News

31/08/2018 às 12:04

Polícia Militar prende três suspeitos de participar do assassinato de sargento do Corpo de Bombeiros

No decorrer das buscas, a Polícia Militar chegou até o autor dos disparos, um acusado de 20 anos No decorrer das buscas, a Polícia Militar chegou até o autor dos disparos, um acusado de 20 anos

A Polícia Militar capturou, na noite desta quinta-feira (30), os três suspeitos envolvidos de participar do assassinato do Sargento Joselio de Souza Leite. O crime que seria para roubar a pistola da vítima foi encomendado por um presidiário que cumpre pena alternativa por tráfico de drogas, e realizava faxinas diárias no local onde o militar trabalhava.

 
O primeiro a ser preso foi um rapaz de 18 anos, suspeito de dar fuga ao atirador, no bairro do Valentina, durante as buscas que estavam sendo realizadas pela PM desde o momento do crime. A moto usada na ação também foi apreendida. Ele foi levado para a Central de Polícia e chegou a confessar que pilotava a moto.
 
Ele informou que o atirador entrou em contato depois da repercussão do caso para afirmar que estava sendo procurado pela polícia
 
No decorrer das buscas, a Polícia Militar chegou até o autor dos disparos, um acusado de 20 anos, que tinha sido preso na última sexta-feira (24) com drogas, na 31ª edição da operação Impacto, mas foi liberado na delegacia, após um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
 
Ele cumpre pena por roubo no regime aberto e estava escondido na casa da namorada, em uma comunidade que fica na divisa dos bairros do Altiplano e Quadramares. A arma roubada do sargento estava escondida na residência e foi recuperada. O revólver usado para tirar a vida da vítima também foi apreendido.
 
Ele informou que o atirador entrou em contato depois da repercussão do caso para afirmar que estava sendo procurado pela polícia
 
No decorrer das buscas, a Polícia Militar chegou até o autor dos disparos, um acusado de 20 anos, que tinha sido preso na última sexta-feira (24) com drogas, na 31ª edição da operação Impacto, mas foi liberado na delegacia, após um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).Ele cumpre pena por roubo no regime aberto e estava escondido na casa da namorada, em uma comunidade que fica na divisa dos bairros do Altiplano e Quadramares. A arma roubada do sargento estava escondida na residência e foi recuperada. O revólver usado para tirar a vida da vítima também foi apreendido.
 
O corpo do sargento vai ser sepultado às 15 horas no Cemitério de Cabedelo.

Fonte: Polêmica Paraíba