Jampa News

14/08/2019 às 08:48

Fórum das entidades representativas do sistema de segurança comemora novos tempos da politica e líderes saem satisfeitos do encontro com João

A reunião não teve espaço para os emburrados A reunião não teve espaço para os emburrados

Não poderia ser mais emblemático dos novos tempos que imperam na Paraíba do ponto de vista das relações politicas do que o encontro desta terça-feira (13) entre o governador João Azevedo e os integrantes do Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar.
 
A repercussão da primeira conversa do governador com essas entidades foi das mais positivas haja vista que ambos os lados comemoram a reunião e já marcaram outra para setembro sinalizando que os entraves do passado já não atrapalham mais as relações institucionais.
 
Na avaliação das entidades, o governador passou um clima de confiança e de equilíbrio estabelecendo critérios que revelam sua intenção de prosseguir negociando com as entidades, reconhecendo nelas a legitimidade para representar os interesses dos servidores representados, em todas as esferas.
 
Nenhum dos discursos destoou e todos os líderes das diversas categorias que integram o aparelho de segurança do estado foram unânimes em elogiar a postura do governador e reconheceram que o ambiente para as negociações é bem diferente do passado.
 
Entidades como o Clube dos Oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que há oito anos não sentavam com o governador para desobstruir e remover obstáculos reconheceu em João Azevedo um governante disposto a encontrar soluções justas para reinvindicações justas, o que confirma a esperança de tempos mais alvissareiros.
 
Segundo auxiliares do Governador, a reunião foi extremamente positiva e eles sinalizaram para uma disposição de João em não desperdiçar oportunidades de entendimento com as categorias de servidores principalmente com seus representantes.
 
O encontro desta terça-feira tem um simbolismo grande por representar o reencontro de partes antagônicas que até então não haviam encontrado os meios e o clima para debater o contraditório.
 
Remanescentes dos tempos belicosos que compareceram a reunião limitaram-se ao silêncio e ao acatamento das novas regras, apesar de manterem as caras emburradas, visivelmente contrafeitos, o que não turvou o ambiente de conciliação e entendimento.
 
Governador recebe Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar da Paraíba
 
Na manhã de hoje, 13 de agosto, o governador João Azevêdo recebeu o Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar da Paraíba, no Palácio da Redenção. A reunião foi para tratar do pedido dos representantes dos mais de 16 mil servidores da segurança pública do Estado, sobre a implementação da remuneração salarial por meio do subsídio que vai garantir que, ao se aposentar, eles não percam 40% do valor do salário, com base na Média salarial do Nordeste. 
 
O governador João Azevêdo se comprometeu em analisar a proposta com a disposição e interesse de reconhecer os trabalhos que vêm sendo desempenhado pelo aparelho de segurança do estado. que vem apresentado publicamente excelentes resultados. A implementação da remuneração salarial por meio do subsídio é um direito previsto na Constituição Federal e assegurado por Lei Estadual, mas ainda não colocado em prática no Estado. dos nove estado do nordeste 6 já pagam as suas policias por meio de subsidio.
 
Os representantes do Fórum, formado em junho, ficaram muito esperançosos com a sensibilidade e palavras do governador com relação ao assunto. Agora, o fórum vai continuar levantando dados junto aos órgãos e secretaria do estado e ficou definido um novo encontro no mês de setembro para dar continuidade às negociações e com dados suficientes para definição da proposta. Além do subsídio salarial, o Fórum pede também recomposição dos salários com base na média atual dos demais estados da região Nordeste.
 
Conheça as entidades que compõem o Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar:
 
- Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba (Adepdel);
- Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba (Sindspol);
- Sindicato dos Agentes Operacionais da polícia civil da paraíba (SINDAOPCPB);
- Associação dos Papiloscopistas Policiais Civis da Paraíba (ASPPEPB);
- Associação de Cabos e Soldados da Paraíba (ACSPMBM/PB);
- Clube dos Oficiais da policia e bombeiros militar da Paraíba;
- Associação dos Técnicos em Perícia e Necrotomistas da Polícia Civil (Atenepol);
- Sindicato dos Peritos Oficiais da Paraíba (Sindperitos);
- Associação dos Servidores da Polícia Científica do Estado da Paraíba (Aspocep);
- Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar do Estado da Paraíba (Assof/PB);
- Associação dos Inativos da Polícia Militar e dos Bombeiros;
- Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar;
- Associação dos Subtenentes e Sargentos (ASSPOMPB).
 
 

Fonte: Redação/Assessoria

Notícias + Lidas