Jampa News

10/05/2019 às 10:49

Fila da agonia, pacientes no corredor, insetos e falta de insumos: o caos do Trauminha

Parlamentar fez visita na última quarta-feira na unidade hospitalar e constatou diversos problemas Parlamentar fez visita na última quarta-feira na unidade hospitalar e constatou diversos problemas

Caótico. É assim que o líder da oposição, o vereador Marcos Henriques (PT), definiu a situação atual do Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, mais conhecido como Trauminha de Mangabeira. O parlamentar fez uma visita na última quarta-feira na unidade hospitalar e constatou diversos problemas, até mesmo a presença de insetos no local.
 
De acordo com o petista, o hospital está funcionando em péssimas condições. Quartos de repouso dos médicos e enfermeiros com mofo, falta de mobiliário, internos esperando por cirurgia há dois meses, faltam insumos, enfermarias com infiltração, baratas e insetos no local – aumentando o risco de infecção dos pacientes, e elevadores sem funcionar.“Dentro do que constatamos nessa visita ao Trauminha é a total negligência do seu administrador Adalberto Fulgêncio, é uma vergonha o tipo de atendimento que está sendo prestado à população naquele local”, afirmou o vereador.Fotos e vídeos foram levados ao plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) pelo vereador para que os parlamentares se sensibilizem e se posicionem em relação ao quadro caótico e negligente em que se encontra o Trauminha.
 
Quase interditado
 
O Trauminha já foi fiscalizado e quase interditado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM).
 
O Conselho decidiu não fechar o hospital por considerar que a população seria ainda mais prejudicada no atendimento, caso fosse interditado.

Fonte: Paraibaja