Jampa News

14/06/2018 às 17:14

Alunos recebem informações sobre hanseníase, verminoses, tracoma e esquistossomose

A Secretaria de Saúde de Curral de Cima deu início a V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose nas escolas municipais. Os alunos receberam orientações sobre os sinais e sintomas e como se proteger dessas doenças, favorecendo o diagnóstico precoce e o tratamento imediato. Além de médicos e enfermeiros, os Agentes de Saúde também estão se mobilizando e auxiliando no desenvolvimento das atividades.
 
"Estamos conversando com todos os alunos sobre essas doenças. Essa ação tem como público-alvo os estudantes de 5 a 14 anos de idade matriculados no ensino fundamental. Repassando essas informações nas escolas, temos a chance de leva-las também para os pais por meio dos alunos", destacou a enfermeira Sônia Leite.
 
Os profissionais da Saúde de Curral de Cima também estão buscando possíveis casos de hanseníase por meio de exame dos contatos, profilaxia para as geo-helmintíases, exames para detecção e tratamento dos casos de tracoma em escolares e dos contatos domiciliares, além de exame parasitológico de fezes para esquistossomose.
 
Hanseníase -Doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae. Atinge principalmente a pele e os nervos de pessoas de qualquer sexo, idade ou classe social. Se não for tratada, a doença pode causar diversas deformidades pelo corpo.
 
Verminoses -Infecções causadas por parasitas que se instalam no interior do corpo. As verminoses podem causar dores abdominais, diarreias frequentes, anemia, palidez excessiva, perda de peso, barriga inchada e sangramentos intestinais. Em crianças, pode haver dificuldade de aprendizagem e retardo no crescimento.
 
Tracoma -Doença bacteriana que acomete os olhos. Se não for tratada, pode prejudicar a visão e causar cegueira. Os olhos de pessoas afetadas pelo Tracoma podem apresentar vermelhidão, lacrimejamento, coceira, irritação, secreção, sensação de corpo estranho e intolerância à luz. Em alguns casos, não há manifestação de sintomas.

Fonte: Ascom

Notícias + Lidas