Líder abandona o cargo na CMJP e diz que  se sente desconfortável no PSB, diante dos acontecimentos

Cada vez mais próximo o momento do governador João Azevedo anunciar sua saída do PSB, depois que o ex-governador Ricardo Coutinho decretou a intervenção no partido e dissolveu de forma arbitrária e truculenta o Diretório Estadual.

Léo também abandona Ricardo para ficar com João; a força da caneta e do diário

A debandada teve início com as declarações do deputado estadual Adriano Galdino, presidente da Assembleia, que anunciou sua saída assim que se abrisse a janela de transferência e ele conseguisse uma fórmula legal para embarcar noutro partido.

Depois disso, sob os mais variados pretexto e subterfúgios, a arraia miúda do partido foi arrumando as malas e anunciando o desembarque para quando o motorneiro abandonar a locomotiva socialista.

Adriano deu a senha para o desembarque do PSB

Pelas declarações e pela enxurrada pouca coisa deve sobrar do PSB de Ricardo Coutinho e provavelmente Avante e PPS lucrarão com essas defecções partidárias diante do que foi definido como golpe e violência pelos arrivistas de todos os tempos e de todos os momentos muitos deles cevados nas vantagens que a política propicia e já useiros e vezeiros em abandonar o barco a deriva rumo aos abrolhos.

Acostumado à capoeira política, Ricardo calculou mal o golpe desferido em João Azevedo e vem colhendo os cacos que sua truculência semeou devendo entregar a direção nacional um partido esfacelado e sem o trunfo de um governador podendo inclusive perder senador e diminuir a bancada na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, estragos que levará tempo para recuperar haja vista a eleição do próximo ano.

Léo aprendeu fazer política pela cartilha do pai

Léo Bezerra abandona o curral socialista depois de ter aprendido com seu pai que política é a arte de despedaçar amizades como fez com Cícero Lucena, o velho Hervázio.

Léo Bezerra entrega liderança da bancada do PSB na Câmara de João Pessoa

Renúncia do posto não afetará sua permanência na sigla socialista

O vereador Léo Bezerra entregou, na manhã desta segunda-feira (23), a liderança da bancada do PSB na Câmara de João Pessoa.

“Diante dos últimos fatos envolvendo o PSB, dissolução do diretório estadual sem observância aos critérios estatutários, renúncia do presidente municipal, Ronaldo Barbosa, não me sinto confortável em permanecer na liderança da bancada”, afirmou.

A renúncia do posto não afetará sua permanência na sigla socialista, “Continuarei filiado ao partido, apesar de, infelizmente não ter sido consultado sobre nada quanto aos últimos acontecimentos internos e acho que não será agora que irão me chamar”, declarou.

Leave a comment