Dias contados: Início das exonerações pode atingir o Comando da PM

A exoneração da irmã da vereadora Sandra Marrocos acendeu o pisca-alerta de muita gente dentro do Governo. Principalmente, os daqueles que não conseguem disfarçar o DNA girassol raiz e cujos laços de intimidade com o ex-governador são notórios e, em alguns casos nebulosos.

O clima seria de aflição beirando o desespero que induziria certas personalidades a recorrerem ao absurdo e até ao ridículo para permanecer no cargo.

Exoneração de Cilene disparou o sinal de alarme entre os girassóis raízes

Tem gente agarrando criancinha, improvisando retretas, dançando e rebolando para ser visto pelo governador cuja caneta passou significar uma guilhotina afiada prestes a cortar cabeças ao menor movimento em falso ou a menor revelação que aponte para relacionamentos indesejáveis com o Governo passado que agora efetivamente findou diante do que tem aprontado João Azevedo como demonstração de independência e altivez.

Rumores, sussurros, cochichos, tudo serve para colocar em apreensão e à beira do pânico aquelas figuras que amam o poder acima de tudo acima até da própria dignidade e que não admitem trocar os coturnos pelo chinelo.

Nesse momento de pavor apavorante certas recordações do passado emergem da memória como pesadelos ao recordar negativas e preterições ao ex-secretário agora ungido chefe maior com o pretexto seco de que, quem mandava era o Mago.

Neste prédio já é convicção a necessidade de substituir o coronel Euller

Lembranças horríveis de desprestígio para com quem agora maneja a caneta do poder pleno e que pode resgatar da memória esses episódios de descortesia e desconsideração.

Tempos de incertezas agravados por comentários no ambiente que convive a respeito do seu prazo de validade vencido e cuja deterioração já exala cheiro desagradável de mofo.

Essas figuras já não sabem mais para quem apelar e aqueles recursos usados em abundância para impressionar os incautos e desavisados já não surtem efeito e os esteios do passado já foram derrubados pelas investigações arrasadoras, não havendo mais em quem se apoiar.

Coronel tem apelado até para as criancinhas na luta para permanecer no cargo

Um desses girassóis raízes seria o comandante geral da Polícia Militar, Euller Chaves, recorrendo a todos os truques dos ilusionistas mais famosos para disfarçar a coloração que envergava com tanto denodo até recentemente, mas que parece incomodar agora o ex-ricardista de carteirinha.

Esse passado de união compromete o coronel nos dias de hoje

Provavelmente depoimentos que circulam nos bastidores do aparelho policial tenham apavorado ainda mais o coronel já que a imensa maioria dos integrantes das duas corporações reconhece que não há mais condições dele continuar no cargo.

Outro sintoma para angustiar o coronel seria o deserto de autoridades aos seus eventos promocionais. Na última sexta-feira (27), o lançamento da Patrulha Musical, mais um requinte do arsenal de improvisações do comandante, revelou o tamanho do seu isolamento já que a escassez de gente, principalmente gente chapa-branca, aquela ligada ao Governo comprovou o desprestígio do coronel: nenhum político nem mesmo um vereador nem de Ricardo nem de João deu o ar da graça, sequer um diretor de terceiro escalão foi ouvir os acordes sonoros da bandinha militar, que tocou para a brisa marinha e alguns curiosos que passavam no momento.

A banda da PM tocou para a brisa marinha no Busto de Tamandaré

Essa constatação estaria forçando o secretário Jean Francisco comunicar ao governador João Azevedo a inconveniência da permanência do coronel no Governo.

Pelos comentários que circulam nos bastidores da Segurança, João e Jean resolveram soltar o coronel

De acordo com essas fontes a maioria dos delegados se pronuncia pela substituição do comandante e estaria aconselhando o secretário revelar ao governador a necessidade de mudança na Polícia Militar e desse desconforto dentro do sistema de segurança com a sua longevidade.

Em outros setores do Governo a substituição do coronel são favas contadas e tem quem aposte que ele não atravessa o mês de outubro.

1 comment

  • lelo
    10:40

    Olá boa noite a todos o nosso governador poderia fazer uma mudança geral, até na secretaria de segurança pública também porque eu não vejo nada de trabalho por partes dessa nova gestão que ali se encontra e trabalho nada .

Leave a comment